Related Posts with Thumbnails O blog do Rodrigo: Globo x Record

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Globo x Record

Não é de hoje que existe rivalidades agressivas na televisão brasileira. Desde pequeno, minha vida é acompanhada pela televisão. Desde desenhos, novelas assistidas com minha vó, quando criança, na adolescência futebol e o inicio de interesse em telejornais, e por ai foi. Tanto que minha primeira cantada foi algo relativo a alguma novela (nem preciso dizer que foi péssimo o resultado).

Tenho me desapegado da televisão, sei lá, talvez tenho me tornado "um hominho", mas é que se tornou um lixo a televisão com a invasão dos realities shows (Vida dos Artistas, No Limite, BBB, A Fazenda...), ficou um tédio, uma redução intelectual na telinha. Não que sou intelectual, longe disso, mas, é muito apelo!
Mas de uns tempos pra cá, tenho me enojado com essa rivalidade entre a Globo e a Record. Em outdoors, a única estratégia é a interpretação de audiência: Record - O emissora que mais cresceu, Globo - a maior audiência no estado. Parece que eles pensam que o povo é trouxa! "A emissora que mais cresceu, mas qualquer emissora que tem 4 pontos de audiência e vai para 8 pontos e continua como uma das menores, porém teve 100% de crescimento! E a maior audiência do estado? Pô!, convenhamos, tem uma RBS a cada 30 cidades praticamente, como não será o primeiro no estado. Foram observações minhas de como mascarar, em números, que na minha opinião, não influencia em nada, pois cada um é cada um, é como se quem manda é quem tem mais audiência.
Mas não é só por aí! Eu me sinto envergonhado em ver essa picuinha nos telejornais! A Globo deu ênfase (mas uma baita ênfase!) no pastor da Igreja Universal sobre lavagem de dinheiro. Mas não pouparam esforços nesta "investigação", até porque a Record, principal rival no IBOPE, foi destinataria de alguns desvios, fora que é descarado a parceria entre as duas. Em contra-partida, a Record se rebaixa rebatendo a reportagem, se defendendo de uma forma mal organizada e com objetivo único: Rebaixar a Globo.
Na minha opinião: "Queimaram 20 minutos no "horário nobre" (Para mim, horário nobre é na mesa com a família!) de tiroteio em campo limpo! Quem dera 10 minutos em destaque para nossas carências mais triviais, tal como segurança pública, saúde...

Na minha opinião: Os livros estão me seduzindo cada vez mais.

E para quem ficou curioso e não asistiu, vai aí um atalho, mas eu NÃO RECOMENDO!


Globo ataca Universal & Cia



3 comentários:

  1. Cara, vou te contar
    não aguento mais isso.
    Hoje em dia se quero ver algo eu prefiro assistir no computador do que ligar a Caixa do Demo.

    ResponderExcluir
  2. Concordo, Rodrigo!

    Lendo teu texto, lembrei de dois anúncios: um da Record e outro do SBT. Os dois dizendo que estão em segundo lugar no Ibope. Creio que seja impossível, né!? A menos que estejam empatados, o que acho pouco provavel. O que acontece é que em alguns horarios cada emissora sobe ou desce no Ibope, de acordo com o programa. A Band várias vezes atinge a vice-liderança também.

    Mas essa briga vai longe. Eles dependem de nós, telespectadores, para vender.


    P.S: conta aí a cantada!!! hahaha

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu não gosto de assistir tv aberta. Odeio novelas, odeio realities shows, Faustão então nem se fala. Talvez isso me torne um pouco miope, mas não consigo, tenho que fazer uma força imensa para assistir um programa desses. Os jornais até vai, mas também me canso de ficar vendo tragédia, que eles adoram.

    Os livros são definitivamente melhores! Vamos incentivar todos a pararem de ver tv e ler cada vez mais. hehehe

    ResponderExcluir